UNIDADE DE CUIDADOS CONTINUADOS WE CARE UNIDADE DE CONVALESCENÇA Rua do Corregedor Gaspar Cardoso, nº 408 4490 – 492 Póvoa de Varzim Em@il: mutivaze@mutivaze.pt Telefone: 252 616 510 Fax: 252 685 323 Por questões de segurança esta Unidade está protegida com vídeo vigilância. GUIA DE ACOLHIMENTO DO UTENTE AOS NOSSOS UTENTES Para que a sua estadia seja o mais agradável, agradecemos que leia com atenção este guia. Queremos proporcionar-lhe os melhores cuidados de saúde e minimizar a sua doença, para assim obter melhor qualidade de vida. Assegurar um conjunto de cuidados de saúde e/ou apoio social, respondendo às necessidades da população, minimizar o sofrimento humano e obter verdadeiros ganhos de saúde através da prestação de cuidados de elevado nível de qualidade e humanização são alguns dos objectivos WE Care Unidade de Convalescença. Com este Guia de Acolhimento tem como objectivos: • Integra-lo e ajudá-lo a conhecer melhor a Unidade, onde vai permanecer por algum tempo. • Possibilitar a sua colaboração. • Reduzir a sua ansiedade. ACESSO A UNIDADE E PARQUEAMENTO ? Acesso à Unidade (A28 saída “Povoa de Varzim/Amorim”) ? Metro ? Parqueamento a entrada da instituição ALTA Não é permitido o abandono das instalações do Serviço de Internamento, sem alta. A alta hospitalar é da exclusiva responsabilidade da equipa de saúde. A alta a pedido do utente implica o preenchimento de um impresso elaborado para esse efeito, que deve ser subscrito pelo próprio ou por quem, legalmente, o possa substituir. A alta é planeada desde a sua admissão. A partir desse momento, a equipa de profissionais da Unidade ajudá-lo-á a preparar o seu regresso a casa, tendo em consideração as suas necessidades e a sua opinião, bem como a dos seus familiares relativamente à satisfação das mesmas. No momento da alta, ser-lhe-á entregue a nota de alta, carta com o resumo da evolução da sua situação clínica para o seu Médico Assistente, conselhos e orientações médicas, de enfermagem e sociais a seguir, bem como informações sobre marcações de consultas e meios auxiliares de diagnósticos subsequentes. Se necessitar, pode solicitar declaração relativa ao período de internamento na Unidade de Cuidados Continuados. EQUIPA DE SAUDE Na Unidade de Convalescença existe uma equipa pluridisciplinar que lhe prestará os cuidados necessários e que é constituída pelos seguintes profissionais: ? Médicos ? Enfermeiros ? Fisiatra ? Fisioterapeutas ? Terapeuta Ocupacional ? Assistente Social ? Psicólogo ? Terapeuta da Fala ? Nutricionista ? Auxiliares de Acção Médica ? Administrativos ESPAÇO FISICO Esta Unidades é composta por três pisos: Piso 0 • Cozinha • Gabinetes de apoio técnico • Instalações sanitárias Piso 1 • Secretaria • Sala de convívio • Ginásio • Sala de refeições • Instalações sanitárias • 16 quartos com WC • Sala de trabalho de enfermagem • Sala de tratamentos Piso 2 • Instalações sanitárias • 16 quartos com WC • Sala de trabalho de enfermagem • Sala de estar • Gabinetes de apoio técnico • Sala de tratamentos • Banho assistido COMUNICAÇAO COM O EXTERIOR As informações sobre o estado de saúde do doente são dadas pessoalmente aos familiares mais próximos pelo Médico Assistente ou pela Enfermeiro Responsável. Outras informações serão dadas através da ligação telefónica para os números gerais da Unidade (252 616 510), solicitando a ligação à extensão do serviço que se pretende contactar e indicando o nome do utente, o quarto e o nº da cama. VISITAS As visitas são diárias e têm lugar no período compreendido: - Para o cuidador principal: das 9h às 21h - Para as visitas em geral: das12h-20h Ajude-nos a proporcionar o seu bem-estar e o de todos os utentes. ? Tente reduzir o nível de ruído e cada utente pode receber duas visitas em simultâneo. ? O doente decide quais as visitas que pretende receber. Esta situação exceptua-se quando a sua condição de saúde não lhe permitir; ? Nas situações em que o utente não possa ou, eventualmente, não queira receber visitas, a família pode saber informações sobre o seu estado de saúde através da equipa de cuidado e com o consentimento do doente nos casos em que este seja possível; ? As visitas não podem trazer alimentos para os doentes, salvo existência de autorização prévia da equipa de saúde; ? As visitas devem respeitar a privacidade dos outros utentes e seus respectivos acompanhantes, as regras de organização do serviço e as orientações da equipa de saúde. O QUE DEVE TRAZER NO DIA DA ADMISSAO 1. No momento em que é formalizada a sua admissão, deve entregar: ? Cópia do Bilhete de Identidade ou Cartão único; ? Cópia do Cartão de Beneficiário (ADSE, Segurança Social ou outro) e do cartão de Utente; ? Exames Complementares de Diagnóstico realizados anteriormente (radiografias, análises, electrocardiogramas, entre outros) ; ? Contacto dos seus familiares mais próximos. 2. Objectos de uso pessoal: ? Pijama ou camisa de dormir, roupão e chinelos; ? Roupa interior; ? Fato de treino para fisioterapia e roupa confortável para vestir durante o dia; ? Várias camisolas de manga curta; ? Sapatilhas ou sapatos confortáveis para a fisioterapia; ? Artigos de higiene pessoal (pente ou escova de cabelo, copo e escova de dentes, pasta dentífrica, entre outros artigos para a sua higiene); ? Livros, revistas ou outros artigos para ocupação do tempo; ? Telemóvel (se utilizar o telemóvel, por favor reduza o som para não incomodar os outros utentes); ? Outros: óculos, próteses dentárias, auditivas e outras. Não é aconselhável que traga objectos de valor ou elevadas quantias de dinheiro, pois no caso do seu desaparecimento a Unidade não se responsabiliza. ALIMENTACAO A alimentação faz parte do seu processo de recuperação, pelo que devem ser respeitadas as orientações dadas pela equipa de saúde. A dieta fornecida pela Unidade é completa e equilibrada, pois é estabelecida de acordo com o seu estado de saúde. Por este motivo não se aconselha que consumam alimentos vindos do exterior sem autorização dos profissionais de saúde: médicos ou enfermeiros. Pode acompanhar sempre que queira as refeições do seu familiar. As refeições são servidas no seguinte horário: • Pequeno-almoço – 8h00 • Suplemento Alimentar – 11h00 • Almoço – 12h30 • Lanche – 16h00 • Jantar – 19h00 • Ceia – 22h00 Podem ser servidas refeições aos acompanhantes dos utentes, desde que previamente encomendadas. CUIDADOR INFORMAL O cuidador informal é a pessoa, familiar ou não do utente, por este escolhida e que se prontifica e responsabiliza a cuidar dele no seu domicílio. É essencial para a continuidade de cuidados e respectiva recuperação. • O cuidador informal é estimulado a colaborar na prestação de cuidados ao doente, sempre com orientação e supervisão dos profissionais de saúde; • O horário de permanência do cuidador informal fixa-se entre as 9h e as 21h; • As alterações a este horário são ajustadas caso a caso: com a equipa de saúde, o doente e o cuidador informal; • O cuidador informal é informado do dever de respeitar as orientações da equipa e as regras da organização do serviço; • O cuidador informal é informado do dever de respeitar a privacidade dos outros doentes e os seus respectivos cuidadores informais; • Será dado um cartão ao cuidador informal para que possa ser identificado como tal.